Nova Alvorada

Quatro amostras positivas do Aedes Aegypti foram encontradas em Nova Alvorada

Situações mostram que a população deve cada vez mais ter cuidados com os acúmulos de água em seus pátios, o que contribui com o desenvolvimento do Aedes Aegytpi, sendo de sua responsabilidade ajudar a acabar com os focos do mosquito, através da limpeza de pátios.

Durante realização de Levantamento de Índice Rápido (LIRA) realizado em um terço das residências no município, foram encontrados 13 focos de larvas na Sede e no Distrito de General Cadorna, sendo que destes, 04 amostras deram positivas ao mosquito Aedes Aegypti (mosquito da dengue).

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Setor de Vigilância do Município, reforça mais uma vez à todas as famílias, que revisem todos os locais de suas propriedades para detectar qualquer foco de água parada e que o mesmo seja eliminado, pois a existência do Mosquito da Dengue (Aedes Aegypti) está confirmado no município.

As doenças transmitidas pelo Aedes aegypti são: Febre amarela; Dengue; Chickungunya; Zika. Todas são causadas por vírus e transmitidas através da picada da fêmea do mosquito.

A febre amarela é uma doença febril aguda que provoca insuficiência renal e hepática, podendo causar sinais e sintomas como febre, dor de cabeça, calafrios, dor muscular, perda de apetite, dor abdominal, diarreia, vômitos escuros, icterícia (pele e olhos amarelos), hemorragias, diminuição urinária, entre outros. A doença pode levar à morte em aproximadamente uma semana.

A dengue pode causar febre alta, dor de cabeça, dores no corpo, náuseas ou ainda não apresentar qualquer sintoma. No entanto, a ocorrência de manchas vermelhas na pele, sangramentos no nariz ou gengivas, dor abdominal intensa e vômitos persistentes podem indicar um caso de dengue hemorrágica, que é grave e precisa de intervenção médica urgente pois pode levar à morte.

Os principais sintomas da febre chikungunya incluem febre acima de 39 graus de início súbito, fortes dores articulares nos pés e nas mãos, dor de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele. Algumas pessoas não chegam a manifestar sintomas.

Já o zika vírus pode causar febre baixa, manchas pelo corpo, coceira, vermelhidão nos olhos, dor nas articulações, mal estar e dor de cabeça. A doença é autolimitada e de evolução benigna, geralmente se resolve em uma semana, sem necessitar de internamento hospitalar. A complicação mais grave é a microcefalia em bebês de mães que tiveram a doença durante a gravidez.

Jornal Noitiserra Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
Jornal Noitiserra Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
Latest Posts