Anta Gorda

Polícia Civil de Anta Gorda monitora corpos que estão aparecendo na região

Há 16 dias do desaparecimento do bancário antagordense, Jacir Potrich, a Polícia Civil de Anta Gorda segue sem informações concretas do mesmo.

Segundo o delegado de polícia, Guilherme Pacífico, que está à frente das investigações, alguns fatos que começaram a surgir nesta semana, foi o aparecimento de alguns corpos na região, de pessoas executadas. “A polícia está empenhada, e de todo e qualquer corpo localizado no estado, está sendo avisada imediatamente a DP de Anta Gorda, para que se busque identificação, ou possível localização de corpo do desaparecido”, disse o delegado.

Pacífico destacou ainda que não mantém nenhuma prova de vida, nem tampouco foi realizada alguma extorsão, mas que todas as possibilidades precisam ser investigadas.

Quanto à recompensa de R$ 50 mil oferecidos pela família de Potrich, o telefone disk recompensa não alcançou nenhum resultado satisfatório até o momento, nenhuma informação que pudesse contribuir em definitivo com as investigações chegaram até a delegacia de polícia de Anta Gorda.  “Esse é o cenário de duas semanas de investigação”, acrescentou o delegado.

Mesmo com o oferecimento de uma recompensa por informações concretas, o delegado afirmou que nada foi repassado à delegacia até o momento e pediu colaboração, garantido sigilo e anonimato para quem possa estar contribuindo, entrando em contato pelo disk denúncia através do telefone 181, da Secretaria de Segurança Pública. “Esse é o canal ideal para que a população possa estar ajudando, ao deparar-se com qualquer situação suspeita ou de interesse das forças de Segurança Pública”, destacou.

Jornal Noitiserra Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
×
Jornal Noitiserra Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
Latest Posts